Projeto IRIACC / AVEC BRASIL

    Projeto Adaptações e Vulnerabilidades a Extremos Climáticos nas Américas

    Objetivos

    Objetivo Geral

    Melhorar a compreensão da vulnerabilidade frente às mudanças climáticas envolvendo instituições de governança nos países que integram o projeto – Canadá, Argentina, Brasil, Chile e Colômbia – e contribuir para fortalecer suas capacidades adaptativas com foco na redução da vulnerabilidade das comunidades locais.

    Objetivos Específicos

    1. Avançar no conhecimento da variabilidade hidroclimática e dos eventos extremos em âmbito regional, em termos de suas características naturais e das mudanças na freqüência e na intensidade da variabilidade inter-anual e extremos como conseqüência das mudanças climáticas globais;
    2. Avançar na compreensão das vulnerabilidades passadas, atuais e futuras das populações das regiões de estudo aos riscos climáticos e tensões relacionadas;
    3. Determinar os impactos da variabilidade e dos extremos climáticos na produtividade agrícola e nos serviços ambientais que dão suporte às comunidades envolvidas no estudo;
    4. Avaliar e comunicar as práticas de gestão adaptativa e as políticas de governança que contribuem para o desenvolver a capacidade adaptativa das comunidades rurais e limitar suas exposições e sensibilidades aos riscos climáticos;
    5. Desenvolver e implementar uma metodologia unificada, baseada em indicadores de vulnerabilidade e em índice de risco para avaliar opções de adaptação que reduzam a vulnerabilidade das comunidades rurais agrícolas e indígenas;
    6. Promover o compartilhamento de conhecimentos e de recursos entre instituições de pesquisa e de governança locais para informar políticas e programas que contribuam para reduzir a vulnerabilidade e fortalecer a capacidade adaptativa das comunidades;
    7. Aumentar a capacidade das instituições de pesquisa e de pesquisadores dos cinco países para realizar pesquisa interdisciplinar,comparativa e colaborativa nas áreas da ciência da mudança climática, da avaliação de vulnerabilidade e da sustentabilidade rural;
    8. Elevar a experiência de jovens pesquisadores e suas habilidades em análise de sistemas interdisciplinares, pesquisa de ação orientada e mobilização do conhecimento na área de mudanças ambientais globais.

    Mais informações: http://www.iriaccbrasil.gthidro.ufsc.br/

     

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>